Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

sábado, 11 de novembro de 2017

Daniel Bastos apresentou candidatura ao PS-Fafe



No passado sábado à tarde (11 de novembro), o docente e historiador Daniel Bastos, antigo líder da Juventude Socialista de Fafe e da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas, apresentou publicamente a sua candidatura à liderança da Secção do PS-Fafe, uma das maiores concelhias socialistas do distrito de Braga e do país.


No decurso da sessão, Daniel Bastos, que garantiu não ser testa de ferro de ninguém e partir para este combate com a disponibilidade de falar com todos numa fase crítica do partido em Fafe, apresentou os três pilares fundamentais da sua candidatura: Unir, Renovar e Fortalecer. 

Segundo o mesmo, só através de um diálogo aberto, construtivo, democrático e plural, será possível relançar as bases da estrutura socialista local que ao longo das décadas tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento do concelho de Fafe, principio maior que a todos deve motivar no presente e futuro, e o único caminho capaz de fazer ultrapassar divergências e diferenças.





Refira-se que a Comissão Nacional do Partido Socialista decidiu marcar eleições concelhias para o biénio 2018-2020 para o mês de janeiro, e o que o docente e historiador Daniel Bastos assumiu transitoriamente a presidência da Comissão Politica do PS-Fafe após a demissão do atual Presidente da Assembleia Municipal de Fafe, José Ribeiro, da liderança da estrutura socialista no rescaldo das últimas Eleições Autárquicas.

Sem comentários: